Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O Fogo e a água ...



Vem ... ó fogo da montanha sagrada;
Queima a minha alma e a minha vida,
abre em mim, a mais profunda ferida...
Reduz este pobre homem ... a nada.

Sou apenas a água que arrefece,
o doce fogo que portas altiva...
És a mulher, rainha e a diva,
pela qual, tudo o resto se esquece.

Teu fogo é a lava que me queima,
num inferno ... de calor e ternura;
Num doce arrefecer, que sempre dura,
nessa agua, que em dominar-te teima.

Grita fogo ... que me queres aquecer;
Dominando a frescura que te dou...
É que esta água, que no fogo amou,
será constante ... enquanto viver.

Fogo que me reduz a pouco ou nada;
Ser apenas fruto dos meus poemas,
é o fogo ... a raiz dos meus dilemas,
dessa mulher de fogo ... minha amada
António Zumaia
Enviado por António Zumaia em 18/02/2006
Código do texto: T113478
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
António Zumaia
Portugal
320 textos (20399 leituras)
71 áudios (5404 audições)
5 e-livros (1754 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 04:00)
António Zumaia