Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
Borboleteando

Linda borboleta
da cor de violeta,
bailarina dos jardins
voa, voa, por entre as flores
a procura de amores
entre narcisos e querubins

Não são como as doidivanas
pelas noites a procurar
quem as sustente ou as ame
para depois lhes
pagar!

É assim, certas mulheres,
as que não têm profissão,
procuram outros caminhos
para obter o seu pão
e passam a vida a rolar
de uma a outra mão!

Infelizes criaturas
que a existência condena
a viver sem as venturas
que a sorte lhes pode dar
preferem o corpo vender
do que ter que trabalhar!

Que Deus dê a todas elas
Mais saber e mais razão
para livrar das sequelas
que no futuro virão.
E que a sorte lhes traga
Mais amor e proteção!

Para as "mulheres-da-vida"




Victoria Magna
Enviado por Victoria Magna em 18/02/2006
Reeditado em 18/02/2006
Código do texto: T113496
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Victoria Magna
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
329 textos (130057 leituras)
1 e-livros (99 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 09:08)
Victoria Magna