Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

REGRESSO DO OUTONO

Primeira chuva de Outono
Começou de manhãzinha.
Todos tínhamos saudade,
Nós, a relva e a avezinha.

O asfalto mudou de cor.
Rescende, a terra molhada.
Vislumbrei entre os arbustos,
O melro e a sua amada.

Agora mesmo me encantam
Os pardais a saltitar,
Piando, alegres, gaiatos,
Na árvore junto ao meu lar.

O dia sempre cinzento,
De nuvens muito roliças,
Deu folga ao Astro-rei
Nestas terras outoniças.

Depois da longa estiagem,
As folhas luzem enfim
E agitam-se, acastanhadas,
No prenúncio do seu fim.

Hoje, o ar já pesa menos,
Não me custa respirar.
Graças Vos dou, meu Senhor,
Pelo Outono regressar.
Maria da Fonseca
Enviado por Maria da Fonseca em 18/02/2006
Código do texto: T113512
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Maria da Fonseca
Portugal
143 textos (3621 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 16:51)
Maria da Fonseca