Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Maré alta


Uma onda que enrola
Para dentro e para fora ;
Água que rebola ,
Que corre com a areia
E ao seu retiro , a devora
Como um monstro
A uma bela sereia !

Na espuma branca
Do rebuliço ,
Apenas resta
O aroma que encanta ...
Vestígios de uma festa
Com poupa e circunstância .

À distância
A areia molhada ,
Sinal claro
De que a maré alta
Por ali passou ,
E agora , a água salgada
Recolheu-se e espera agitada ,
A hora que dita
Que a maré mudou .
artescrita
Enviado por artescrita em 20/02/2006
Código do texto: T114160
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
artescrita
Portugal, 33 anos
107 textos (4742 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 11:00)