Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

 

NAS ASAS DO SONHO

Vou voar nas asas dos sonhos...
Sair do casulo...Assim não me anulo...
Pois, nestas horas mortas da madrugada, tu vives
intensamente e invado teu "território" depois que transponho
a seqüência de fenômenos psíquicos que ocorrem durante o sono...
A chama da vida me transmite a sensação de que me chamas
para sentir o aroma do teu corpo à minha espera...
Com a suavidade das flores na primavera, o que exaspera
o desejo de abraços lassos como sinto na quimera...
Vou voar nas asas dos sonhos porque preciso
viver o derradeiro amor da vida e não vê-la perdida
nesta nostagia que contagia sua estesia...
É chegado o momento de ousar
e dizer-te que sou homem e tu mulher
e que anseio em teus braços repousar...
Chega de solidão e afirmação de que é bastante a afeição
Não... Não é...Estás comigo. Desde que me levanto sinto teu cheiro
e, nas madrugadas, quando "apago", acordo envolvendo o travesseiro
Se nesse vôo enfrentar tormentas, não faz mal; tu me atormentas
com tua susência e querência de te acalentar...
Não sou zangão mas tu és melíflua e me sinto atraído por tudo...
Não serei avaro, mas sentir-me mais claro diante desses olhos
que são duas fogueiras que queimam minha imaginação levando
fogo não apenas ao coração...

nvelasco
Enviado por nvelasco em 27/02/2006
Código do texto: T116823
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
nvelasco
Niterói - Rio de Janeiro - Brasil
83 textos (2620 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 15:31)
nvelasco