Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

 

O DECANTADO AMOR



O amor não é uma moeda de troca porque não tem preço
Contudo, só há amor quando há troca...
Saber amar é um dom e antes de procurar em alguém
esta arte, para amar-te, indaga a ti mesma se tu repartes
Inútil colocar tua felicidade sob a guarda de outrem
A chave está dentro de ti
Convencionou-se que fica no coração
Abra o teu ao amor...
Por mais longas sejam as estradas,
quando há amor estamos sempre de mãos dadas
O único veneno que mata o amor é a traição...
esta, quando acontece, o amor perdeu o apogeu
E hiberna entre as pernas sem nenhuma emoção interna
E de baderna em baderna; de taverna em taverna,
aderna e se transforma, na melhor das hipóteses,
em relação fraterna...
Neste caso nem mesmo um buquê de lírios provoca delírios...

nvelasco
Enviado por nvelasco em 27/02/2006
Código do texto: T116833
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
nvelasco
Niterói - Rio de Janeiro - Brasil
83 textos (2620 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 15:58)
nvelasco