Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Alegre Pierrot

Carrego na memória tua cara,
Murmura nos meus nervos tua boca…
O ardor de meu amor, que assim se amouca,
Anima esta cabeça, e ela não pára!

Tu pensas mau que eu fique nesta louca
E fastidiosa dor que nunca sara?
Mas sabe, permaneço co’esta tara
Por justificação que a torna pouca…

Se o cérebro se ocupa em demasia
Contigo, é que o dolente coração
Se encheu com tanto amor e tal mania,

Que, se eu não os partisse com a razão,
Meu coração amante explodiria
Por palpitar tão forte de paixão.
Thiago Leite
Enviado por Thiago Leite em 19/04/2005
Código do texto: T12069
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Thiago Leite
Natal - Rio Grande do Norte - Brasil, 35 anos
35 textos (1308 leituras)
1 e-livros (11 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 00:49)
Thiago Leite