Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Amor eterno



Minha alma fica a vagar pela noite escura e sombria
A te procurar
onde tu estás, amor que me alucina?
Meu corpo deseja o teu,
Vejo tua imagem em tudo que olho
Sinto o seu cheiro

Não posso ver o brilho dos teus olhos.
Injusta distância que me fere...
Ah! Meu amor...
Quão amargas são as noites que passo à vida sem ti...

Desfaz esse amargor e vem logo me amar...
Passe uma borracha no passado
E venha  escrever o nosso futuro
E vem me amar!
Despe meu corpo
e passeia sobre ele com tuas mãos,
com tua boca leva-me à loucura e à sede de amar.

Transforma o meu gemido sofrido que outrora
ecoou no silêncio de noites solitárias
em gemidos ofegantes de prazer
do ardente amor que mútua sentimos.
A gora somos um so!
No prazer da paixão
E antes tínhamos esquecidos
E a chama a gora se acende novamente

Desejo teu amor com o máximo de minha vontade
e quero-te para todo o sempre...
E por todo o sempre eu vou  te amar....
EDU
Enviado por EDU em 20/04/2005
Código do texto: T12141
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
EDU
Praia Grande - São Paulo - Brasil, 39 anos
127 textos (9322 leituras)
1 e-livros (92 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 08:06)
EDU