Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

UM ANJO

(Para Roberta Carneiro)

Caminhando, andei, por algum tempo
Por este mundo sem fim
Procurando alguém sincero
Que gostasse verdadeiramente de mim

Procurei no mar...
Em cada grão de areia.
Talvez na esperança utópica
De encontrar uma sereia.

Procurei no rio...
Em cada centímetro de cada Margem
Em busca de, talvez, encontrar
Nem que fosse uma miragem.

Procurei na floresta...
Dentro de cada flor.
Mas não havia nada
Capaz de me dar amor.

Procurei lá no céu...
Ate o arco-íris eu segui.
Mas se havia alguém lá,
Eu, sinceramente não vi.

Já estava quase desistindo...
Quando algo chamou minha atenção
Senti que alguém me seguia...
Tentando pegar minha mão.

Transmitia consigo energia...
Como eu nunca tinha visto igual.
E logo deu pra perceber,
Tratava-se de alguém especial.

Só não conseguia ver seu rosto...
Estava escondido num manto muito bonito
Dava pra perceber, apenas, um nome
Que no manto, em dourado, estava escrito.

Trazia consigo uma melodia
Que saia de um lindo banjo.
Foi quando olhei atentamente
E percebi que era um anjo

Mas um anjo diferente...
Não tinha aureola e nem asas.
E, apesar de parecer flutuar
Eu conseguia ver suas pegadas

E, chegou bem perto...
Mas sempre por trás de sua coberta,
Deu pra ler as letras douradas.
Esta escrito, seu nome...Era Roberta

Esta Poesia tem continuação....
Leiam "O Anjo se foi"
http://www.recantodasletras.com.br/poesias/12155
Apenas um Poeta
Enviado por Apenas um Poeta em 20/04/2005
Reeditado em 19/02/2007
Código do texto: T12156

Copyright © 2005. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Apenas um Poeta
Angola, 43 anos
139 textos (17324 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 17:30)
Apenas um Poeta