Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

PRIMAVERA AMARELA

Na primavera de estrelas,
em que meu sangue se acalma,
deixando surgir a alma,
na palma de minha mão.
Expondo meu coração,
os meus anseios e medos,
desejos já nem tão secretos,
mil loucuras sem perdão.

Não quero que me absolvam,
pois terei o espírito quieto,
contanto que me seja certo,
que as folhas ainda caem,
ali por onde caminho,
minha terra,
solo,
espinho,
no meu pedaço de chão.
TCarolina
Enviado por TCarolina em 13/03/2006
Código do texto: T122533
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
TCarolina
Campo Grande - Mato Grosso do Sul - Brasil, 41 anos
59 textos (3591 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 12:14)
TCarolina