Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Casas Imperiais

Sou o bruxo descontente
Com todas as formas de letra
Apesar de ser, apenas, um poeta menor
Sei o que é ser verdadeiramente seu

Findaram todas as inexplicáveis formas de demonstrar
Até o luxo do lixo no pós-guerra é vida!
Numa sociedade multilada de valores
Resta o fim para a concreta arte finalizar

Faço parte deste jogo facetado
Pois nem sabem quem o faz
Desperto o desamor e colho vida
Marco o passo e tenho mais chances

Tenho o encanto de desfazer todo o mal
Sou bruxo menor, apenas, de letras!
Mago incalculável de vida
Faço e refaço, você, meu bem!

Ponho pernas, asas, coração
Faço a sopa soul de ventres
nasce assim o acerto
Mas vem sem vida

Seres feitos de anil
Sou Mukumbe, o bruxo menor
Nesse mundo descompactado com a magia
De saborear, intensamente, o gosto da própria alma

Sou Mukumbe, o fardo maior
De querer carregar o que não posso
E deixar, assim, acontecer nenhuma mudança
No mundo insensível das sete casas impérias

12-03-06
MuKuMBe iuRy FoRGoTTeN

iuRy
Enviado por iuRy em 14/03/2006
Código do texto: T122882
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
iuRy
Olinda - Pernambuco - Brasil, 28 anos
71 textos (1342 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 15:35)
iuRy