Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Pisando na areia do acaso

Pisamos na areia do acaso
e nos deparamos com arestas
de ocasos.

E estás já aí,
no porto quase seguro.

Em meio ao pó
que o asfalto nega,

escorrega d´alma, a trégua
aos galopes dos cavalos de aço,

que embaraçam o trânsito
de corações em descompasso.

Daí pode-se congestionar o olhar.

Fixá-lo em algum astro,
e deixá-lo no rastro de uma estrela cadente.

Todo o resto,
o cosmos consente.

Rocio Novaes
Enviado por Rocio Novaes em 15/03/2006
Reeditado em 12/03/2010
Código do texto: T123720
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Rocio Novaes
Curitiba - Paraná - Brasil
203 textos (55087 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 14:37)
Rocio Novaes