Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Perdas e ganhos

Foi por um triz
que perdi de vista Elis
Regina rainha sua voz e espírito
ainda arrepiam minha espinha
Adolescente de sonhos combativos
estava na rua quando aconteceu:
Elis – seu corpo – morreu.
Vinícius de moral não tão ilibada
dado a orgíacas libações
também deixou saudade.
Não lembro de minha idade
quando de sua partida
mas sua parte e sua arte
que vivas permanecem
mudaram minha vida.
Jobim, maestro de refinado tom,
Passarim apaixonado por avião
acordou acordes em meu coração.
Vieram as águas de março
fecharam o verão e os olhos de mais um...
O tempo não para
para quem da arte abusa
o tempo e as artes
levaram Cazuza.
Ficou Chico
com os olhos de menino
desatino das mulheres.
Ficou Caetano
cantando e contestando
inconteste que é.
Ficou Gil domingando no parque
de sã loucura,
paradoxal ministro da Cultura.
Ficou Gal madura voz aveludada,
madona, matrona, matriarca encorpada.
Ficou Bethânia
voz de todos os tempos,
delicada enormidade
lembrando que o tempo existe
e insiste em nos lembrar.
Ficou Milton,
pai do nascimento de um estilo único e imortal,
Ícone de Minas e suas gerais melodias.
Ficaram tantos
e eu agradeço
aos que se foram e aos que ainda estão
construindo os dias
do homem que hoje sou.
Mauro Gouvêa
Enviado por Mauro Gouvêa em 19/03/2006
Código do texto: T125339

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Mauro Gouvêa - www.recantodasletras.uol.com.br/autores/maurogouvea). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Mauro Gouvêa
Alfenas - Minas Gerais - Brasil, 51 anos
432 textos (56472 leituras)
3 áudios (837 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 02/12/16 20:15)
Mauro Gouvêa