Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

INOCÊNCIA





Inocência






Foge com qual idade
A inocência tão bela
No alto do morro
Ao pé da favela

O pivete cresceu
Com uma arma na cara
Com a morte no olho
U’a pedra de craque

Não cresceu muito alto
Por conta da fome
Da droga e da raiva
Mal sabe seu nome

Sua mãe lava roupas
E bebe cachaça
E cospe no mundo
E briga de faca

Inocência era o nome
De sua meio-irmã
Aos cinco estuprada
Padrasto ou irmão

Nunca vai ser adulto
Menino não foi
Regará o asfalto
Sangrando qual boi

Seu corpo franzino
Quem reclamará
Exposto na mídia
Logo sumirá

No jornal a Inocência
Estará semi-nua
Louca gargalhando
No meio da rua

Cynthia Colares
Enviado por Cynthia Colares em 23/03/2006
Código do texto: T127435
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Cynthia Colares
Governador Valadares - Minas Gerais - Brasil, 63 anos
9 textos (249 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 10:56)
Cynthia Colares