Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Fugaz

Se pensarmos furtivamente observaremos a solidão como um mero estágio obsoleto da condição humana, fugaz em sua existência
Incapaz em sua permanência.

A vida sucumbe, nasce, perdura
DE sol de lua
No brilho da noite envolvente
Anda em vão, sozinha impura...

No trilho das mãos
Sonha então?
Pisando em grãos
Percorrendo a imensidão

Purezas infinitas, radiantes
Anda sobre o dia veloz
Nas orações sagradas
Toma-me a poesia não dita...
Eperdus
Enviado por Eperdus em 24/04/2005
Código do texto: T12803
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Eperdus
Curitiba - Paraná - Brasil, 43 anos
39 textos (1277 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 20:41)
Eperdus