Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

TUDO, TUDO É SAUDADE

Saudade só sabe doer.
Se dói em mim,
dói em ti.
E quê fazer?

Eu não sei o que faço
de meus dias mais longos,
de meu tempo vazio,
desse esquisito frio
que vem de dentro
pela falta de abraço.
Não sei o que faço
dos carinhos que de ti recebo,
que me despertam a esperança,
me comovem,
me convidam à dança.
Não sei o que faço
com toda a ternura
que quero extravazar
quando te vejo,
e com meus beijos
que querem te beijar,
e com os teus
que aos meus lábios
desejam se entregar.
Que faço dos torpedos
que colecionei pra te mandar?
Que faço dos meus versos
que não sabem ser
senão pra te cantar?
Que faço deste enorme coração
hoje vazio e triste?
Que faço das noites insones
sufocando o tesão
que inda resiste?

O que fazer
diante desta verdade:
a saudade só serve pra doer?

E tudo dói... tem que doer...
porque, hoje,
tudo é saudade!
Sal
Enviado por Sal em 01/04/2006
Código do texto: T132123
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Sal
Marília - São Paulo - Brasil, 78 anos
507 textos (44784 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 04:11)
Sal