Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O amor tão distante

Muitas vezes mesmo dizendo
todo o amor que se sente,
ele não pode ser correspondido.
A vida é dura para os sentimentais.
Não há choro, lamurias
que pode trazer-lhe o amor.
O seu coração está cheio de amor,
repleto de carinho,
e aquela pessoa para você
tão especial, a sua verdadeira
alma gêmea, porque você sabe,
não sente.
A vida é assim...
Uns preferem viver na busca
ardua, ao olhar para o lado
e ver a pessoa que está lá.
A te esperar
A te buscar nos sonhos.
Esperando apenas o fone tocar
e poder perguntar: tá tudo bem?
Pequenas coisas que aquecem
o seu tão pequeno coração.
E, muito de nós, é assim que vivem...
Sobrevivendo somente
a espera que um dia,
as coisas possam mudar e
ouvir daquela pessoa um sonoro
Eu também te amo!
Sílvia Regina
Enviado por Sílvia Regina em 01/04/2006
Código do texto: T132211
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Sílvia Regina
São Paulo - São Paulo - Brasil, 54 anos
27 textos (1671 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 22:25)