Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A VIDA QUE EU VIVI

A vida que eu vivi

Nasci.   Vim cavalgando a tempestade
Não sou dono de nada!   Nem de mim!
Se sou compromissado?   Isto eu sou sim:
se eu tenho um compromisso: é a verdade

Meu feixe de existência é algo tarde
Vim pelo tempo   E pelo espaço eu vim
Amando o bem, fugindo da maldade
Um pouco desta; assaz daquele.   Enfim,

a vida é isto: aquilo que se faz
aquilo que se pensa e sente e diz
A vida é tudo isto e é muito mais:

aquilo que se é.  E eu pouco sou!
E enquanto o digo a vida já passou
e a vida que eu vivi...: eu mesmo a fiz.

Diógenes Pereira de Araújo


------
livro ESCANDIR:
http://www.poemanet.com.br/escandir
diogenes@poemanet.com.br

tópico D E S A F I O
da comunidade ESCANDIR, Diógenes? Eu apoio.
http://www.orkut.com/CommMsgs.aspx?cmm=23299004&tid=2582476645111462717

Desde já agradeço.




Diógenes Pereira de Araújo
Enviado por Diógenes Pereira de Araújo em 27/04/2005
Reeditado em 28/02/2008
Código do texto: T13265
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Diógenes Pereira de Araújo
Bauru - São Paulo - Brasil, 81 anos
66 textos (6404 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 00:20)
Diógenes Pereira de Araújo