Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Quando eu aprender a cantar


Quando eu aprender a cantar
quem sabe eu desencante
e leve o meu canto
aos quartos dos amantes.

Quem sabe se meu canto
consiga impressionar
e se espalhe forte
no peito de quem não sabe amar.

Quem sabe se meu canto
consiga se espalhar
como as frutas nos galhos
na fartura de um pomar.

Quando eu aprender a cantar
vou subir num palanque qualquer
num morro, caixote, degrau
e atingir os sonhos daquela mulher.

Vou adentrar às sacadas,
janelas, varandas, patamar,
quartos, cozinhas, senzalas,
quintais, cercados, salas de estar.

Quanto eu aprender a cantar
vou caminhar com os pés em escalas
vou levar o meu canto no ar
como tesouro que não se guarda em malas.

Vou distribuir bemóis,
sustenidos, acordes, solfejos,
vou tocar cada ouvido
minha música será o meu beijo
Mauro Gouvêa
Enviado por Mauro Gouvêa em 04/04/2006
Código do texto: T133683

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Mauro Gouvêa - www.recantodasletras.uol.com.br/autores/maurogouvea). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Mauro Gouvêa
Alfenas - Minas Gerais - Brasil, 51 anos
432 textos (56495 leituras)
3 áudios (837 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 14:27)
Mauro Gouvêa