Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Soluções...

Queria morre nas horas em que meu mundo por algum motivo desabasse,
Mais não posso deixar que tudo termine de uma maneira fria e imbecil,
Meu sangue ferve todas as vezes que penso nos por quês, da minha amargura.
Hoje me sinto assim mas pra diaba do que para anjo,
Decaída, largada assustada pobre de bons sentimentos,
Querendo gritar por socorro, abafada pela mesquinhez da minha alegria que me força ser feliz e a sorrir constantemente!!
Eu não presto!
Não valho nada?
Como mudar ?
Como reparar os erros, que nem sei se cometi.
Como morre sem deixar que as pessoas se sintam culpadas pelos meus próprios erros.
Janaina Gama
Enviado por Janaina Gama em 28/04/2005
Reeditado em 28/04/2005
Código do texto: T13528
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Janaina Gama
Brasília - Distrito Federal - Brasil, 39 anos
140 textos (6197 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 12:01)
Janaina Gama