Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

As vezes me odeio


Anoto teus recados
penduro bem próximo dos meus olhos,
em cada manhã que não te acho
fixo a visão nos teus arautos,
inúmeros avisos selados
Dispersão ou relaxo?
 
Seguem-se semanas, meses
entre ligações e aparições,
e eu nessa prisão por capricho,
fico. Penso, leio... as vezes
me odeio por frear o  bicho
que me morde uma centena de razões
Angélica Teresa Almstadter
Enviado por Angélica Teresa Almstadter em 10/04/2006
Código do texto: T136953

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Angélica Teresa Almstadter
Campinas - São Paulo - Brasil, 62 anos
1054 textos (55638 leituras)
25 áudios (3274 audições)
1 e-livros (247 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 12:48)
Angélica Teresa Almstadter