Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Brilho Opaco

______________________

Sinto teus movimentos
Em pleno silêncio
Sinto sons inaudíveis
No avesso da noite

E se me rendo à palavra
E se me vem a esperança
Sou o todo ou a parte
Que a saudade inventou

Sou o brilho opaco
De uma alma tão simples
Sou quieta, sou branda
Fugidia, fugaz...

Eu sou flor, sou espinho
Nesse retocado espelho
O avesso, o direito
A vertigem do amor

Os meus poros, meu tato
Mapeiam-me a vida
Nesse espaço do sonho
Que a verdade deixou

E assim eu te sinto
Numa cena complexa
Para quebrar o silêncio
Neste verso final.
Claude Bloc
Enviado por Claude Bloc em 11/04/2006
Código do texto: T137584

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Claude Bloc
Fortaleza - Ceará - Brasil
199 textos (7785 leituras)
12 áudios (1127 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 02:33)
Claude Bloc