Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Para o Poeta (acróstico)



Vai frente ao teu mar, chama por mim,
Aonde encontre tua voz o infinito.
Grava na areia meu nome por inteiro,
Alcança qualquer nuvem no horizonte e
Busca-me poesia em ventos outonais.
Um momento por  nós entre teus versos,
Nas linhas imaginárias dos teus sonhos
Deixa escrito pelos ares que me esperas,
Onde eu possa chegar na tua história.

O que ouço no silêncio que me envolve?

Pequenos sons de ondas que derramam
Ocultas mensagens à minha ilusão.
És tu, poeta da magia e dos mistérios,
Tão envolto em luzes mais distantes
A chegar-me calor no coração?

De onde vens, por onde era teu caminho?
A tua rima pode ser minha poesia?

Renascer no teu carinho me permite,
Une aos teus versos este meu destino e
A ternura toda que venho te entregar.” (IDA / 2004)

(para Paulo Roberto Santos - Vagabundo, o Poeta da Rua)


Ida Satte Alam Senna
Enviado por Ida Satte Alam Senna em 18/04/2006
Código do texto: T141270
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Ida Satte Alam Senna
Santa Vitória do Palmar - Rio Grande do Sul - Brasil, 70 anos
111 textos (2724 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 04:19)
Ida Satte Alam Senna