Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

" MEU AMOR ME MATA !"

A angústia que estou sentindo,

Dentro de meu coração , crescendo,

É porque os dias estão passando ,

Sem eu estar poetizando !

Sou poeta emergente,

Engatinhando ainda,

Mas , a Poesia em minha alma,

Habita, com um Amor infinito!

Mas, não depende só de mim,

Ou da Minha inspiração,

Não consigo Navegar ,

O Provedor deixa- me na mão !

Adoro poesias ,

Sem elas , sou infecunda,

Sou como um deserto : estéril ,

Onde somente minhas lágrimas,

Proliferam...

Algemada de pés e mãos ,

Só me resta somente gritar ,

A Dor, dentro do meu coração !

Esta Dor que não me deixa,

Um minuto sequer ,

Fazendo-me até esquecer ,

Minha condição de Mulher...

Não durmo , não me alimento ,

Não faço nada,

Sem você , Poesia querida,

Sou uma MULHER alienada !


                                    26/04/2005



                             Proibida a utilização,
                      Sem a Autorização do AUTOR !


                     
GRAÇA da PRAIA das FLECHAS
Enviado por GRAÇA da PRAIA das FLECHAS em 01/05/2005
Código do texto: T14136

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (não a modificar em nada ,Cite o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
GRAÇA da PRAIA das FLECHAS
Niterói - Rio de Janeiro - Brasil
538 textos (132960 leituras)
36 áudios (30833 audições)
1 e-livros (167 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 11:48)
GRAÇA da PRAIA das FLECHAS