Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

HORIZONTES

                                     
Se é saudade o que sinto,
Quedo em silencio a olhar o teu retrato
Como se fora o meu olhar
O olhar do Sol para o céu da tarde
Antes de perde-la para sempre
Para mais uma noite.

Tudo em vão, minha voz perdida no tempo:
Ontem, hoje, agora.
Tu,
Silenciosa,
A refletir o âmbar
Nos teus cabelos dourados,
Fala apenas aquilo que reverbera
Nas fímbrias internas do meu coração.

Dói-me a tua voz que não escuto mais,
Sangro duas lágrimas vermelhas:

Que vontade do teu beijo,
De enfiar-me
Entre
Os
Teus cabelos
E ouvir o teu riso
Antes da noite chegar...
Chico Steffanello
Enviado por Chico Steffanello em 23/04/2006
Código do texto: T143658

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Chico Steffanello
Sinop - Mato Grosso - Brasil, 58 anos
246 textos (31046 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 19:44)
Chico Steffanello