Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A ESTRADA QUE BRILHA NO ALÉM DA NOITE!...

Contemplemos as róseas faces no entardecer dos semblantes.
Expressões encantadoras dos sublimes olhares,
respingados de brilhos que escorregam através de lágrimas brilhantes, pelos jardins das faces coloridas.
Olhemos as atmosferas em que desmaiam-se os eflúvios refrigeradores, pelos fulgurantes lampejos azuis da redenção.
Rendamo-nos diante da Suprema Voz, que incorpora os rastros de estrelas, que percorrem velozes os Luzeiros.
Deixemos os caminhos suavizarem o negror da noite.
Oh, esqueçamos a avareza ácida e cruel.
Oh, esqueçamos o estremecer serenal, que amarga e mostra a estrada, que brilha no além da noite.
Esqueçamos o mundo de espinhos e lanças.
Examinemos que resplandece de novo, o alvorecer de cânticos ao Pae.
Entreguemo-nos ao Pae e não queiramos nada mais.
Só Ele alivia a dor cruenta e pertinaz.
Rompamos com o supérfluo e o inútil.
Desistamos de persistir na avareza cruenta e malígna.
Peçamos, peçamos a calma, que dará serenidade cheia de bênçãos.
Ó vinde Pae Celeste, amenizar os nossos martírios?!...
Suavize, ó Pae, os nossos imensos nevoeiros do íntimo?!...
Que retorcem as esferas da matéria evanescente.Permaneçamos nos escombros do esfumaçar perene, que engolfa pelas paragens do "Outro Lado".
Encontremos os Céus, em permanente oração ao Pae Supremo.
Estrelas cintilantes respondem com a leveza de destilarem brilhos, que serão bálsamos para os seres nas suas viagens íntimas.
Perdoemos os pedregosos e íngremes atalhos,
que tendem a levar para o Alto.
Elevemos preces ao Sumo Árbitro e, perdoemos os nossos semelhantes, que ainda não encontraram a estrada que brilha no além da noite!...  
Aninha Caligiuri
Enviado por Aninha Caligiuri em 23/04/2006
Código do texto: T144151
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Aninha Caligiuri
Maringá - Paraná - Brasil
70 textos (1359 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 01:20)
Aninha Caligiuri