Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

COMEÇARIA TUDO OUTRA VEZ

Vivias tu descrente de todo renascer
Nossa alma às vezes é vitima de um engano
Assim, penetramos no insano,
Levados pela vida ao esvaecer.

De repente descobriste não estar tudo perdido,
A descoberta da cumplicidade
Levou-te por algum tempo de volta à felicidade,
Assim, sentiste em parte tudo revivido.

Teu valor como gente foi deveras despertado.
Pois gente não só é sofrimento e aflição.
Gente é também a alegria que explode o coração.
Diante de algo escondido de repente desvendado.

Gente é um produto das maiores incoerências
Gente é ser abarrotada de contradições:
De doença, saúde, ódios e paixões.
Mas, gente é vida, independente de suas conseqüências.

Pra que pensar então nas conseqüências?
Bloqueios dos momentos de felicidade
Voltemos a viver nossa cumplicidade
Pra que gozemos nova renascença.

25.04.2006
Tadeu Costa
Enviado por Tadeu Costa em 25/04/2006
Código do texto: T145291
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Tadeu Costa
Recife - Pernambuco - Brasil, 73 anos
97 textos (7724 leituras)
2 e-livros (226 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 01:08)
Tadeu Costa