Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Meu ofício

Juntei pedras e pó
Reguei com a saliva,
Montei meu edifício,e
Nem vi que estava só.

Misturei tudo sozinha
Das ilusões erguidas
à primeira parede pronta.
Íntima construção minha

Veio o vento do vício,
voaram palhas e planos.
Soterram-se os alicerces
quando desabou meu ofício

Espreito entre as ruínas
procurando no infinito
meu arco-íris de sonhos
para colorir as retinas

Sei tudo que sinto
Viver é juntar o pó
das paredes da memória
nos pingos foscos que pinto.
 
Lislopes
Enviado por Lislopes em 26/04/2006
Código do texto: T145593
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Lislopes
Passo Fundo - Rio Grande do Sul - Brasil, 55 anos
80 textos (269526 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 11:59)
Lislopes