Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O meu amor era aquela estrela

Uma estrela eu via
que luzia do pe da noite,
ate o raiar do dia.
Meu amor era aquela estrela
que brilhava silente e fria.
Comtemplava sempre em lagrimas,
enquanto ela sumia.

E pouco a pouco aquela estrela
que brilhava silente e fria,
ia sumindo do pe da noite,
ate o raiar do dia.
Meu amor era aquela estrela
que definhava, esmaecia...
Contemplava sempre em lagrimas,
enquanto se perdia.

E se perdeu aquela estrela
que brilhava silente e fria
sumiu dentro da noite,
antes do raiar do dia.
Meu amor era auela estrela
que la estava e ninguem sabia.
E numa noite nao pude ve-la
porque a estrela nao mais luzia.
solitario
Enviado por solitario em 03/05/2005
Código do texto: T14573
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
solitario
João Pessoa - Paraíba - Brasil, 35 anos
3 textos (378 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 00:30)