Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

NOITE

Olhos negros,
Flor de formosura
És sublime quando chegas.

Trazes contigo a luxúria
De muitas damas,
Que donas do mundo
Cantam e choram a tua partida.

Viva, cheia de tantos amores,
Jamais feres o dia.
Choras os versos dos poetas
E o sono dos insanos
Que querem te namorar.

Vai, segue a lua,
Demora na partida,
Para que o sol te esqueça.

E quando cantar o pássaro
E o vento levar o teu perfume,
Adormecerão os apaixonados
Que ficaram com o teu beijo,
E o desejo de te amar.
Marclibra
Enviado por Marclibra em 26/04/2006
Código do texto: T145752
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Marclibra
Belém - Pará - Brasil
11 textos (593 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 12:01)