Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Se nao e amor...

Se nao e amor,
qual o motivo de tanto apreço
e do sorrizo especioso.
Se nao e amor,
em que deleite sonho e adormeço
em proprio amor me entrego e me esqueço
e, quando dou por mim, me vejo ditoso.

Se nao e amor,
por que tua voz maviosa
que em meus ouvidos me soava como solfejo,
me trazia diversos sonhos
e nos sonhos os desejos.
E, minh'alma sequiosa
as vezes se contentava em ter sorrizos
ao lugar de doces beijos.

Que azo te levaria a me olhar
com tanto apuro
e teus olhos me deixavam tao seguro
e teu toque eriça em mim um amor tao puro!
Nao era amor!
Quem me dera fosse amor, quem me dera!
Se nao foi amor, entao o que era.
solitario
Enviado por solitario em 03/05/2005
Código do texto: T14578
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
solitario
João Pessoa - Paraíba - Brasil, 35 anos
3 textos (378 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 00:22)