Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

QUASE-APAGAR E QUASE-ACABAR!...

Quando a aurora da Vida, chega ao seu apogeu
e o caminheiro já não encontra terreno apropriado,
para alegrar-se com novas terras, novas paragens,
novas harmonias!...
Eis que os seres ao redor, conscientizados erroneamente
de minha aparência completamente desvinculada da rotina gritante,
vêm então na pretenciosa e despretenciosa indagação,
para que eu amanheça renascendo nas aragens...
Oh, não importa-me os elogios terrenos,
consciente que sou da Vida do Outro Lado da Névoa.
Sinto algo machucando-me a alma,
como se tudo fosse acabar daqui a pouco.
É um não sei quê de quase-apagar, de quase-acabar!...
Aninha Caligiuri
Enviado por Aninha Caligiuri em 27/04/2006
Código do texto: T146463
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Aninha Caligiuri
Maringá - Paraná - Brasil
70 textos (1359 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 18:02)
Aninha Caligiuri