Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Retrato transitório...

Sou em meu interior, um trânsito caótico, engarrafado em noites de tempestade.

Sou fruto de uma história dolorosa e vitoriosa em livros de ficção.

Sou amor e ódio na pérfida noite de lua cheia.

Sou a desconfiança em dias de sol e chuva.

Sou parte de uma partida precipitada, tempestuosa e solitária.

Sou o não aceite por mim e por outros...

Mas sou o que me tornei em anos de sonhos e ilusões, tentativas precipitadas de crenças divertidas e audaciosas.

Não sou nem mais e nem menos do que devo ser diante de fatos translúcidos e transitórios.

A dor permanente e familiar que habita as horas adormecidas, entranhadas não é passível de descartes instantâneos.

Negar o véu que encobre o rosto é tão impossível quanto sonhar com felicidade eterna.

Sofro, choro, sorrio como as fases da lua que indiferente ao querer humano segue sua trajetória finita.

Meus dias seguem um rumo previsível de fatos repetidos em tela televisiva e tediosa.

Minha história não dispõe da tecla “delete”, simplesmente sou o que posso ser em minha limitada imperfeição.

Sou o rascunho permanente de um ser humano em trânsito.
Angela Leite
Enviado por Angela Leite em 28/04/2006
Código do texto: T146955

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Angela Leite
Arapiraca - Alagoas - Brasil
148 textos (41871 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 05:06)
Angela Leite