Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Estou de partida....

Entrelaço minhas amarras e meu amargor
Reitero minha alegria no meu cotidiano bravio
Demarco metas que me fortalecem a decisão...
Estou de partida...
 
Encaro pedaços de mim, entorpecidos pelo chão
Cadavérico, ilusório, pretencioso
Revejo partes de uma noite inteira, sem razão
Estou de partida...
 
Olho o espelho, encaro o mundo real
não me satisfaz a inquietude do nada
Piso em vômitos de um sentimento banal
Estou de partida...
 
Venerei estátuas nuas, rachadas
Internalizei sentimentos verdadeiros
Fraturados em peças de cetim
Estou de partida...
 
Arrumei as malas, pesadas
Calcei os sapatos, rasgados
me pus na estrada, emburacada
Estou de partida... de um grande amor!
Angela Leite
Enviado por Angela Leite em 30/04/2006
Código do texto: T147980

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Angela Leite
Arapiraca - Alagoas - Brasil
148 textos (41852 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 22:20)
Angela Leite