Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

AMOR NO SEXO “RACIONAL”

Hoje não mais acredito no amor!
Não, no significado que lhe é dado.
Vejo que o sentimento assim qualificado,
Não passa da percepção inconsciente de um odor.

Por feromônios desencadeados.
Magníficas substâncias naturais,
Veículos bioquímicos de atrações sexuais.
Entre seres irracionais e racionais,
Por antropocentrismos assim considerados.

Nos irracionais instrumentos de procriação,
De cujo resultado pode-se antever
De suas espécies a preservação,
Que de outra forma não poderiam ter.

Nos racionais, além desta função.
Misturam-se termos puramente culturais.
Confunde-se sexo, amor e paixão.
O primeiro fator inconteste da procriação
E os demais, apenas sentimentos de dominação,
Adicionados aos interesses pessoais.

Homens e mulheres reclamam primazia.
Brigam entre si por exclusividade,
Abortam sentimentos naturais de liberdade
Competindo entre si por mais valia.

Amor, nesta conotação do sexo racional.
Nada mais é que uma pura fantasia!

01.05.2006
Tadeu Costa
Enviado por Tadeu Costa em 01/05/2006
Código do texto: T148576
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Tadeu Costa
Recife - Pernambuco - Brasil, 73 anos
97 textos (7724 leituras)
2 e-livros (226 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 11:59)
Tadeu Costa