Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

NÃO HÁ DILEMA

Quando me sinto
num labirinto
ou encruzilhada
e a minha alma aniquilada
é folha morta...

Quando me vejo
como pintura inacabada
e o meu desejo
chega à loucura
e me desfaço...

Quando a procura
é uma saída
que não tem porta
e o meu abraço
vai para o espaço...

Ainda assim
não é o fim, não há dilema
pois sempre encontro
dentro de mim
"aquele" poema!

Menção honrosa - Jogos Florais da Associação Portuguesa de Poetas/1999
(In "Geometrias Intemporais")
Carmo Vasconcelos
Enviado por Carmo Vasconcelos em 05/05/2005
Código do texto: T14913
Classificação de conteúdo: seguro

Áudio
NÃO HÁ DILEMA - Carmo Vasconcelos
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Carmo Vasconcelos
Lisboa - Lisboa - Portugal
203 textos (15408 leituras)
62 áudios (7662 audições)
15 e-livros (1367 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 03:07)
Carmo Vasconcelos