Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ESPERO-TE

Poeta, quem és tu?

Em que mundo vives?

Sonhas, enquanto o mundo segue seu curso...

Faz versos, enquanto o mundo segue seu curso...

Dorme, o sono dos deuses, enquanto muitos morrem ao

relento.

Mas, o que seria do mundo sem você?

Consegue enxergar a bondade onde não há!

A luz, onde existem apenas trevas... escuridão.

A esperança, quando tudo parece perdido.

És uma vela acesa, fraca, mas

que incessantemente, teima em ficar acesa...

Desafia a própria existência...

Briga com seu próprio eu...

Apenas por acreditar que algum dia,

em algum lugar,

alguém te entenderá os versos e sorrirá...

alguém te entenderá as palavras e chorará...

alguém te entenderá as sílabas e viajará,

contigo,

por seu mundo

encantado...

E a felicidade reinará em seu castelo,

rei que é da vida,

príncipe encantado dos sonhos,

pobre andarilho em busca da felicidade

enfim encontrada,

nos braços de seu grande amor, distante dos olhos...

Mas unidos pela doce mágica das mesmas aspirações...

Dos mesmos desejos e dos mesmos sonhos...

Tão distantes e tão juntos...

Assim é a vida, já que o fim novamente unirá

os corações afins separados pelo oceano da distância.

Espero-te...

Cláudia Marques
Enviado por Cláudia Marques em 02/05/2006
Reeditado em 26/08/2006
Código do texto: T149146

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Cláudia Marques
Cruzeiro - São Paulo - Brasil, 42 anos
232 textos (153603 leituras)
2 e-livros (107 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 18:29)
Cláudia Marques