Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Estrada

"A mesma estrada,
tantas vezes,
e eu ainda me perco;
a mesma estrada,
tantas vezes,
e você ainda não sabe pra onde vai.

Meus olhos fechados, ou abertos,
tanto faz, se não estou beijando seus lábios.

Que aquele tenha sido nosso fim,
ou um tempo apenas,
mas que não seja um recomeço pra você.

Você não precisa abraçá-lo se está triste,
pra isto estou aqui,
só pra isso eu existo."
Diego Filipe Araujo Alcântara
Enviado por Diego Filipe Araujo Alcântara em 05/05/2006
Código do texto: T150564
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Diego Filipe Araujo Alcântara
Camanducaia - Minas Gerais - Brasil, 31 anos
152 textos (7339 leituras)
7 áudios (2204 audições)
1 e-livros (167 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 17:45)
Diego Filipe Araujo Alcântara