Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Tormenta de um adeus

Em soluços
arranco de mim
dor aos pedaços.

Nas lágrimas
derramo de mim
sofrimento a píncaros.

aos prantos
exponho de mim
morte em ecos.

Então, num vácuo
sem fim, gotas, notas
sons de sua partida.

No céu da boca,   u m   t r a v o.
Na garganta,   u m   n ó.
E nos lábios,   u m a   s ú p l i c a:
Não vá.
Malco
Enviado por Malco em 06/05/2005
Código do texto: T15160
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Malco
São Paulo - São Paulo - Brasil, 45 anos
5 textos (215 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 22:54)
Malco