Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Chaves

"Ontem eu andava pela rua
(as ruas parecem tão diferentes de mim)
e tropecei... quando me levantei,
percebi que estava sem as chaves de mim mesmo.

Eu as procurei, e ainda agora procuro,
e pensei que achei, mas eram as do sujeito ao lado:
"Ó meu jovem, obrigado, há anos vinha as procurando".

Acho que vou pro céu mesmo assim.

Aceitação, afetação, sem noção...
talvez o que me falte seja parar de contemplar o mar...
"você precisa ser a rede".

Mas a verdade sobre mim tem dono?

"Esse jovem perdeu as chaves de casa, se alguém as achar,
deixe-nas aqui na rádio, ele está pedindo por favor."

Tomara que elas venham com cheiro de mulher.

Não é que eu não me aceite como eu sou,
só tenho problemas com a forma como os outras pessoas acham que sou.

Ontem eu perdi as chaves de mim,
quem achar, favor adentrar,
roubar tudo o que tenho aqui dentro
e deixar um espaço vazio para novos móveis entrarem."
Diego Filipe Araujo Alcântara
Enviado por Diego Filipe Araujo Alcântara em 07/05/2006
Código do texto: T151654
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Diego Filipe Araujo Alcântara
Camanducaia - Minas Gerais - Brasil, 31 anos
152 textos (7337 leituras)
7 áudios (2204 audições)
1 e-livros (167 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 19:56)
Diego Filipe Araujo Alcântara