Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Osso duro de roer

Nada há de me abalar
Muito menos me abater
Sou um sobrevivente
E vou sobreviver
Já fui por demais carente
De amor para viver
Já vivi muitos anos
Sem amigos para me fortalecer
Agora tudo mudou
Tenho amor e filhos
Amigos e o brilho
Da luz de Deus
Pouco importam as trapaças
Dos modernos fariseus
Sou forte e tenho raça
E muita vontade de viver
Não tem destino, nada
Que me impeça de vencer
Sou adestrado pela vida
Osso duro de roer
Essa maré logo passa
E antes que a semana acabe
Um trabalho novo eu vou ter
Depois erguerei a taça
E vou brindar à graça
De um novo alvorecer!

cacaubahia
Enviado por cacaubahia em 08/05/2006
Reeditado em 22/03/2009
Código do texto: T152728

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
cacaubahia
Londrina - Paraná - Brasil, 56 anos
334 textos (36477 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 16:45)
cacaubahia