Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O Último de Amor

"O que ou quem e por que
amo sem saber
se é em mim, de mim ou pra mim?
De onde me olham os olhos
que me encantam,
e me matam,
ou só me olham,
sem reforçar ou punir,
sem desejar, só confundir?
Com que mãos breves toca meu rosto,
e com que beijo puro
me ataca a noite,
vampiro que suga a estrela
brilhante que existia em mim?
E se abro os olhos
e me viro inquieto,
onde estou?
Saindo de um sonho,
ou acordado desde o começo?"
Diego Filipe Araujo Alcântara
Enviado por Diego Filipe Araujo Alcântara em 10/05/2006
Código do texto: T153447
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Diego Filipe Araujo Alcântara
Camanducaia - Minas Gerais - Brasil, 32 anos
152 textos (7412 leituras)
7 áudios (2206 audições)
1 e-livros (167 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 26/09/17 02:53)
Diego Filipe Araujo Alcântara