Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Não quero escrever minhas lágrimas

Sobre minhas penas não traço linhas
não quero escrever as minhas lágrimas
lágrimas e penas que são só minhas
e do meu caderno são as páginas

Bem guardadas no seu interno
minhas palavras e conjunturas
são as linhas do meu caderno
todas feitas de folhas maduras

Estou aqui com este olhar inerte
fitando as folhas do meu caderno
rabisco as  linhas até que acerte
todas as linhas do meu interno

E esta pena que teima em escrever
procura ainda no verso uma rima
e as penas e as lágrimas sem querer
 nas estrofes deste poema são a sina


Ainda inerte,olhar fitoso na esperança
como um filho pródigo, volta  a aurora
traço linhas, com toda preserverança
nestes versos o renascer de outrora

Cecília Rodrigues
 

Cecília Rodrigues
Enviado por Cecília Rodrigues em 13/05/2006
Reeditado em 13/05/2006
Código do texto: T155344
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Cecília Rodrigues
Viseu - Viseu - Portugal
129 textos (5673 leituras)
5 áudios (542 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 04:20)
Cecília Rodrigues