Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Pégaso


Oh Pégaso, meu corcel alado
Deixa-me em teu dorso montar
Leva-me a Hipócrene
Fonte de inspiração do meu poetar

Nascido do sangue de Medusa
Decapitada pela espada de Perseu
Leva-me ao monte Hélicon
Morada das musas, filhas de Zeus

Em teu dorso Terseu salvou Andrômeda
Belerefonte a Quimera combateu
És a personificação do trovão e do relâmpago
Que Netuno, zangado com Minerva fez nascer

Me dá a conhecer o Parnaso
Onde Apolo e as musas costumam bailar
Quero beber da fonte de Calíope
Musa da eloquência e da poesia épica

Com Calíope, musa adorada
A Ilíada, a Odisséia e a Eneida eu quero ler
E também conhecer seu filho Linos
Para com ele a música aprender

Mas de suas filhas tenho medo
São elas as sereias que atraem os marinheiros
E nos rochedos, os fazem prisioneiros
Para então os devorarem por inteiro

Vem Pégaso, deixa-me montá-lo
Com tuas asas eu quero voar
E juntos percorreremos toda Gaia
Para minha poesia de amor e paz semear!

cacaubahia
Enviado por cacaubahia em 15/05/2006
Reeditado em 07/12/2008
Código do texto: T156521

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
cacaubahia
Londrina - Paraná - Brasil, 56 anos
334 textos (36468 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 06:30)
cacaubahia