Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A vida na aldeia

As relvas são mais verdes
O céu mais azul
Raios de sol aquecem a eira (*)
Fazendo o milho mais dourado
Recordo com carinho
O amanhecer orvalhado

È assim a vida na minha aldeia...

Eis que surge um Arco-íris!
Então se forma uma plateia.

Os olhares se arrimam
E os corações cheios de alegria!

Há os bandos de Andorinhas
Nas manhãs Primaveris
Seus suaves gorjeios
São um cântico feliz!

E feliz é a vida do lavrador
Dando vida a terra
Fazendo brotar os frutos
Colhendo-os com amor!
Amor à terra, amor a vida
Amor à sua aldeia querida!

Rio de Janeiro / 01/78
Eira (*) Laje cimentada usada para secagem do milho ao sol

In_Dois Povos Um Destino_Antologia poética internacional do grupo Ecos da Poesia _2006
Cecília Rodrigues
Enviado por Cecília Rodrigues em 17/05/2006
Código do texto: T157591
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Cecília Rodrigues
Viseu - Viseu - Portugal
129 textos (5673 leituras)
5 áudios (542 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 14:56)
Cecília Rodrigues