Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

segredo

vi, te vi, onde estive
e por um momento
um breve momento
me vi em teu riso
mais do que em teu olhar

sei que se fosse possivel
me dirias
te amo
e te escondo
doce sofreguidão
ansiosidade noturna
bem no canto da minha alma

latente sentido expresso no
gemido
poucas vezes cobrado
e muitas desprezado
choro e onde estive
sobrou apenas eu
e o meu adeus.
paraense
Enviado por paraense em 18/05/2006
Reeditado em 07/08/2006
Código do texto: T158204

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
paraense
Belém - Pará - Brasil
70 textos (3388 leituras)
1 e-livros (42 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 04:14)
paraense