Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Vidraça

Atire a pedra na vidraça
Quebre meu entusiasmo
Esvazie minha taça
Jogue-me ao marasmo

Sendo essa sua felicidade
Deixo quebrar meu encanto
Abandono à realidade
Para viver de pranto

Não é fácil resistir
Ás pedras atiradas
Ainda ter que sorrir
Depois de tantas pedradas

Mas, continuo a fingir
Sem muito temor
É mais fácil sorrir
Que demonstrar a dor

Atire todas com vontade
Para excluir minha energia
Essa é a realidade
Enquanto eu chorava, você sorria

É fácil ser caçador
Atirar sem pensar
Abater e apanhar seu valor
E deixar de amar

É fácil ser carrasco
O difícil é ser taça
É fácil ser pedra
O difícil é ser vidraça.
Adilson Costa
Enviado por Adilson Costa em 19/05/2006
Código do texto: T159063
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Adilson Costa
Maringá - Paraná - Brasil, 44 anos
5 textos (203 leituras)
1 áudios (25 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 08:34)
Adilson Costa