Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Rebuscar


Você chegou como uma tempestade de verão, espalhou uma chama que me embriagou.
Espalhou cinzas embrutecidas no céu de minha boca.
Rasgou e desnudou a possibilidade de um sonhar, de uma porta fria que ultrapassa o olhar.
A boca que queima na escuridão da noite de um querer marginalizado, desligado, retorcido.
O veneno que escorre na direção do coração, no resguardar palpitado e amputado que ferve no fel de uma ilusão.
Paredes em transe, fechadas e endurecidas no encimentar da noite palpitante, dilacerada, enlameadas com o frio do amanhecer.
O olhar frio, dsnudando e rebuscando o corpo que pende em navalhas afiadas, entrecortadas, dilaceradas.
Buscar, rebuscar pelas mãos embrutecidas de um beijo teu.
Rasgo a alma em busca do mágico engano de uma dor voraz.
Dor, dissabor, devorador, devastador...
Fecunda...
          Desnuda...
                    Melosa...
                             Aborta...
Angela Leite
Enviado por Angela Leite em 22/05/2006
Código do texto: T160735

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Angela Leite
Arapiraca - Alagoas - Brasil
148 textos (41871 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 16:37)
Angela Leite