Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Arte mórbida

Não mereço consideração
Nem tão pouco palavras suas
Nem quando abro o coração
Ou quando trago minha alma nua

Entendo sua razão
Para afastar minha procura
Desmerecida em minha paixão
Vago miúda por entre as ruas

Cruzando esquinas
Pisando em letras
Desfalecendo em rimas
Morrendo em poemas...
Vânia Sousa
Enviado por Vânia Sousa em 25/05/2006
Código do texto: T162760
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Vânia Sousa
Itapetininga - São Paulo - Brasil, 35 anos
45 textos (1398 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 02:33)
Vânia Sousa