Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

MENTIRA

Mentira

 

Se nunca tivesse  palavras
Aliciando meus silêncios
Levando-me a quietude
De ser o meu ser. Só calar.

 
E não revelassem meus gestos
Fazendo meus atos , confessos
Contrários ao  pronunciar

 
Que tivesse a estupidez
Dos que não sabem pensar
As mãos fraquejadas inertes
Sem pena poder empunhar

 
Que o silêncio dos mortos
Em mim se fizesse encontrar
Com ele a cegueira, o breu
Viessem também me abraçar

 
Somente assim poderia
Fazer-me calúnia um dia
Dizendo não te amar


Registrado na Biblioteca Nacional-todos direitos reservados

 


elainemalmal
Enviado por elainemalmal em 11/05/2005
Código do texto: T16300

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
elainemalmal
São Paulo - São Paulo - Brasil, 56 anos
7 textos (274 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 18:14)
elainemalmal